Home Reflexão Reflexão | Dizer “NÃO” cria a sua própria identidade - Como perder o medo de expressar a palavra NÃO?
Reflexão | Dizer “NÃO” cria a sua própria identidade - Como perder o medo de expressar a palavra NÃO?
Thursday, 18 July 2019 00:00


Na vida sempre buscamos uma aprovação e evitamos a reprovação. Sobre isso refleti nas palavras SIM e NÃO. As pessoas têm medo de ser rejeitadas e sentirem-se negadas se falarem NÃO para a pessoa que foi pedido.


POR QUE TEMOS TANTA DIFICULDADE DE DIZER NÃO?


Provavelmente você sempre foi aceito por causa das suas respostas positivas, mesmo sendo afetando a sua integridade e os seus compromissos, e sacrificando o seu ser somente para agradar o próximo. Por isso, uma das dificuldades é o medo de ser criticado e não ser aceito.

Muitas vezes também deixamos de falar NÃO porque temos uma bagagem de frustrações passadas, e tentamos vencê-las sempre dizendo sim para os pedidos. Muitas vezes temos dificuldades de dizer NÃO porque temos dificuldades de lidar com os negativismos dos outros.

Há pessoas que interpretam o NÃO de modo tão negativo, que temos um sentimento de culpa de dizer para a pessoa o que realmente sentimos e não colocamos limitações na própria vida e tentamos agradar os demais, mesmo machucando a nós mesmos.


A VONTADE É GRITAR UM GRANDE NÃO, MAS ACABAMOS DIZENDO SIM... POR QUE BARRAMOS AS EMOÇÕES QUE REALMENTE QUEREMOS EXPRESSAR?


Desrespeitamos a nós mesmos, desvalorizamos as nossas necessidades. Isso é alarmante porque nos sentimos tão desabilitados de dizer um simples NÃO, e isso é uma das grandes razões que nos faz desmerecer o nosso próprio ser.

Às vezes tentamos inventar histórias e mentiras para evitar falar SIM. São as chamadas “mentiras brancas”, que tentam mostrar histórias desnecessárias e não verdadeiras para evitar o desejo de não expressar a verdade, porque temos medo das consequências e acabamos nos acostumando com essas situações, que podem piorar, em vez de sermos honestos conosco mesmos.


TER CORAGEM DE DIZER NÃO TEM RELAÇÃO COM ASSERTIVIDADE?


Vamos considerar que a assertividade é a capacidade de priorizar suas necessidades de forma sincera no momento adequado. É a forma como interagimos no mundo, para que cada um defenda o seu próprio lado, mas com respeito mútuo, o que permite a todos interagir com uma simbiose natural da vida.

Isso significa termos a habilidade de reconhecer quando alguém falar NÃO, para sermos capazes de ceder à necessidade do próximo, sem vermos o nosso lado egoísta, e compreender ambos os lados. Se não conseguirmos falar NÃO, o que prevalecerá poderá ser apenas a prioridade e necessidade pessoais, e assim acabamos humilhando o nosso próprio ser.

Dizer NÃO é um meio de estarmos prontos para criarmos o nosso próprio ser e limites de nós mesmos. Principalmente na formação da sua vida profissional sabermos colocar limites nas situações que nos acomodam, e dizer “basta!”. Trata-se de um reconhecimento que somos seres com limites e que ninguém devera tirar o nosso respeito. Devemos dar respeito para sermos respeitados.


EM QUAIS SITUAÇÕES DEVEMOS DIZER “NÃO” EM NOSSA PRÓPRIA FAMÍLIA?


É uma pergunta complicada, porque situações de família são delicadas. Mas a única maneira de recebermos e darmos respeitos é quando respeitamos a nós mesmos e paramos de ser aquele “super bacana”; é saber que temos nossas próprias vidas e saber ter limites em si mesmo.

Tenha a certeza que isso talvez traga um choque familiar. Mas, com o tempo, o respeito será muito maior, porque você mesmo respeitará os seus próprios merecimentos, no seu tempo e espaço.


ESTÁ NA HORA DE VOCÊ DIZER SIM PARA A SUA VIDA, AMAR A SI PRÓPRIO E APRENDER A DIZER NÃO COM RESPEITO


Devemos saber escolher e praticar conosco mesmo a dizer SIM para nossos desejos, e praticar o NÃO para o que não queremos em nossa vida, começar a falar “Eu não quero”, sem enrolação. Dar um basta em nosso próprio desrespeito e amarmos a nós mesmos.

Também devemos parar de justificar as nossas vontades aos outros, e não buscar desculpas para nós mesmos para expressar aquilo que queremos e termos coragem de falar o NÃO. Claro que há melhores maneiras em como falar NÃO, com respeito e carinho, mas devemos ser firmes em nossas convicções.

Estamos prontos para sermos firmes, com aceitação própria, respeitando os nossos limites e formando um novo eu com um NÃO, para aquilo que não queremos. Trata-se de uma liberdade do seu ser e assim viver uma vida plena.



Por John Kunihiro
Founder of Art Of Healing, Inc
Senior Director of Marketing
www.artofhealinginc.com

Last Updated on Thursday, 18 July 2019 19:24
 

Translate

Portuguese English Spanish