Home Capa
Capa | UM NOVO NATAL
Friday, 13 December 2019 00:00


“Esqueçam o que se foi; não vivam no passado. Vejam, estou fazendo uma coisa nova!” (IS 43.18,19ª)


Este período do ano é o quando os nossos sentimentos estão mais aflorados, ficamos mais emotivos e sensíveis, especialmente muitos de nós que vamos passar as festividades de fim de ano longe de amigos e familiares. É o período em que algumas coisas acontecem em nossa vida: fazemos um balanço do ano que se finda, com arrependimentos das coisas que não foram alcançadas e uma satisfação pelas vitórias obtidas.

É o período que fazemos promessas para o ano que vai começar, com esperança de que “agora vai!” ou “este é o ano!”. Fazemos promessas do tipo: vou parar de fumar, vou estudar mais, vou fazer exercícios, dietas, quebrar o cartão de crédito, fazer as pazes com fulano, vou ficar mais com meus filhos... Mas é também o período no qual ficamos com medo, porque algo novo e desconhecido se vislumbra em nossa frente, uma página em branco que precisa ser escrita com a tinta da sua vida.

Abre-se diante de nós uma janela de mudança, de transformação, uma janela que todos precisam e sem Deus a mudança não pode acontecer. Enfim, será um ano diferente. E vai ser mesmo porque Deus está fazendo uma coisa nova. E é graças a esses fins e recomeços que podemos dar continuidade em nossa vida e então mudar de direção, dar sentido, superar obstáculos. Mas não podemos viver o novo de Deus com velhas práticas, velhas atitudes e velhos pensamentos. E se posso, vou lhe dar alguns conselhos para o ano de 2020. Primeiro, descubra o seu propósito de vida. Quem sabe onde quer chegar, escolhe o caminho certo e ajusta a velocidade para caminhar. Muitos não têm proposito e nem alvo, não sabem onde querem chegar, nem como fazer para chegar e nem qual caminho tomar. Quando olhamos para o rei Salomão escrevendo os seus livros, vemos as frustrações de um homem atingindo o seu ápice quando descobre que tudo na vida é vaidade. A descoberta do propósito de vida tem intrigado as pessoas por milhares de ano, isto porque nós começamos sempre do lado errado da questão: de onde eu vim, para onde eu vou, o que eu quero ser, o que devo fazer da minha vida. A questão não é você. Ao contrário do que dizem muitos livros e seminários de autoajuda, você não vai descobrir o propósito da sua vida olhando para você; isto é egocentrismo. Só descobrimos a utilidade de uma invenção que não conhecemos conversando com o criador dela ou lendo o manual de instrução. Olhe para Deus e não para você mesmo! Em Deus descobrimos a nossa identidade, a nossa origem, nossa significação, nossa importância e nosso destino. Você foi criado com o propósito de conter Deus dentro de si, assim como garrafas foram criadas para conter líquidos.

Segundo, não viva no passado. 2019 pode ter sido um ano bom ou ruim, triste ou alegre, próspero ou não... Fato é que ele já é história. Antes de vivenciar o novo de Deus, é preciso nos esvaziar do passado. Quem vive no passado inevitavelmente está impossibilitado de viver o presente e o futuro. Quando a esposa de Ló olhou para traz, a sua caminhada terminou (GN 19.26). Veja o conselho de Paulo em FP 3.13: “... uma coisa eu faço e é que me esqueço das coisas que atrás ficam e avanço para as que estão diante de mim. Prossigo para o alvo, pelo prêmio da soberana vocação de Deus em Cristo Jesus”.

Esqueça as coisas ruins que acontece ram, temos que apagar da nossa memória todo o tipo de ferida proveniente de falhas, tropeços, derrotas, pecados, calamidades ou ataques que recebemos. Estas coisas nos prendem ao velho. Também, se puder, esqueça as coisas boas também: elas já se foram, o que Deus quer fazer agora é melhor ainda. Você não pode limitar a sua vida com a satisfação das coisas boas do passado. O bom do passado é inimigo do melhor do futuro. Nossos sentimentos, pensamentos, sonhos, anseios e as nos sas palavras devem estar alinhadas com o novo que Deus está para fazer. A nossa saudade não pode ser daquilo que passou, mas daquilo que está para acontecer: “... quero trazer a memória aquilo que me dá esperança” (LM 3.21).

Por fim, aprenda a ser grato e a perdoar de verdade. A gratidão lava a nossa alma e nos prepara para algo maior e melhor e o perdão nos faz viver o melhor desta terra, porque não estamos presos a laços de magoas e ressentimentos.

Nada em 2020 pode ser legítimo para roubar a sua comunhão com Deus e seus momentos familiares. Provavelmente vai se um ano de muito trabalho e muitas correrias atrás de dinheiro e outras coisas, mas não deixe de viver o que é permanente e eterno por causa do que é passageiro e efêmero. Tenha mais tempo para apreciar o belo, tenha mais tempo para desfrutar da sua família, porque quando chegar a “última virada de ano”, isto vai ser o que conta no final.

Feliz Natal e próspero 2020!





Pastor Marcos Muniz
Igreja Assembléia de Deus
Restaurando Vidas

Last Updated on Friday, 13 December 2019 15:02
 
« StartPrev12345678910NextEnd »

Page 1 of 13

Translate

Portuguese English Spanish