Home Reflexão
Reflexão | COMO LIDAR COM A ANSIEDADE EM MOMENTO DE CORONAVÍRUS
Monday, 18 May 2020 00:00


Neste momento de distanciamento social em que não podemos visitar nossos entes queridos, assim como socializar com amigos e parentes, e muitas vezes nem visitar nos pais idosos, nos deparamos com o aparecimento da ansiedade. Em contrapartida, esta pandemia tem sido como um ensinamento para que possamos lidar com as nossas limitações e inseguranças, enfrentando os nossos próprios sentimentos de medo dentro de nós.


SENTIMENTO TENSO


Você já deve ter visto pessoas com ansiedade que nunca relaxam, estão sempre tensas, gerando apreensão nos que estão ao redor. Não conseguem relaxar para nada. Geralmente são pessoas que são insuportáveis para si mesmo.


EXPRESSANDO RAIVA E FÚRIA


Você já sentiu aquela raiva e fúria tão grandes, que seu corpo involuntariamente começa a tremer das cabeças aos pés? Quando se fala de fúria, não podemos confundir com a raiva, porque a primeira é um sentimento de descontrole emocional. As pessoas que sofrem fúria e raiva constantes são, geralmente, perfeccionistas, e têm uma fobia que as pessoas julguem o seu caráter como um incompetente.


PERIGO DE SE AUTO MEDICAR


Auto medicar-se é muito perigoso, tanto física quanto mentalmente. Às vezes, essas ações até podem aliviar os estresses imediatos. Também é comum nesses momentos de crise o uso excessivo de bebida alcoólica, que acaba levando a vícios, e isto poderá levar a depressão e aumentar ansiedade. Tomar medicamentos como benzodiazepina, drogas e álcool não tratará nada dos seus problemas; pelo contrário, impacta a sua saúde mental e física. Fazendo o uso de medicamentos ilicitamente e abusando conjuntamente com as bebidas alcoólicas, coloca-se em risco a própria vida e de quem está ao seu redor.


AJUDANDO UNS AOS OUTROS NESTE PERÍODO DE ANSIEDADE


Ansiedade é um sentimento profundo e verdadeiro. Durante este período de pandemia, tudo foi mudado na nossa vida (trabalho, financeiro, rotina das crianças, rotinas de onde vivemos...). Isto trouxe à tona emoções de medo e preocupações. Uma maneira de amenizar esses sentimentos é reconhecer que temos esses problemas e não tentar culpar os outros. Devemos ser autênticos e conversar com algum amigo que nos entenda incondicionalmente, ou com um professional que poderá ajudar a você lidar consigo mesmo.

Se algum amigo ou amiga está sofrendo por ansiedade, primeiro escute, aceite, não se frustre, não diga palavras de desencorajamento como: “você é fraco”, “saia disso logo”, “isso não é de Deus”, “que frescura”, “isso é falta de amor ou gratidão”, dentre outras. Pelo contrário, seja um amigo que dará suporte, será compreensível nestes momentos difíceis, usando palavras como: “podemos ver qual o melhor modos de lutarmos juntos”, “estou aqui para lhe escutar quando precisar”, “o que poderia fazer para encorajá-lo a melhorar?”

O remédio para este momento pelo qual estamos passando não é se auto medicar, nem com álcool, nem com calmantes. Alguns dos melhores remédios são: estar ativos com o seu ser; ler livros que o ajudam a estimular a sua pessoa; ligar para as pessoas positivas, que levantem seu astral; ter boas atitudes; alimentar-se de forma saudável; exercitar-se; e ser bondoso com os outros e consigo mesmo.



Por John Kunihiro
Founder of Art Of Healing, Inc
Senior Director of Marketing
www.artofhealinginc.com

Last Updated on Monday, 18 May 2020 19:04
 
« StartPrev1234NextEnd »

Page 1 of 4

Translate

Portuguese English Spanish