Home Reflexão
Reflexão | A caridade gera caridade
Wednesday, 13 March 2019 00:00


No conceito judaico, a palavra Mitzvah significa ato de caridade. É um ensinamento cabalístico de imersão atribuída na área divina emocional e balanceando a misericórdia com os próximos.

Outro dia estava sentado há mais de uma hora numa praça em Mogi das Cruzes com um senhor um morador de rua, o qual chamarei aqui de André. O que me chamou a atenção foi o cuidado dele para com os cachorros de rua. André me explicou que ele estava naquela situação depois que separou da mulher, perdendo a paixão pela vida. Por esse desgosto, começou a usar a bebida alcoólica como um escape da depressão. Apesar de ter feito a escolha de sair de casa, ele sentia muita falta da família e da vida que ele tinha quando era militar.

Ele se emocionou muito quando falou de seu pai, que é paciente terminal de câncer. André me disse que gostaria de ter uma oportunidade de poder voltar a trabalhar e tentar voltar a viver novamente. No meio da nossa conversa, observei como os dois cachorros que eram sua companhia estavam bem cuidados. Seus nomes eram Bora (que significa pronto para ir embora a cada momento) e Pretinha (super dócil). Os cachorros, com amor incondicional, estavam felizes ao lado do dono. Em várias ocasiões ele esteve em perigo e os cachorros o protegeram e salvaram sua vida. Para alimentá-los, André passava nos açougues e nos pet shops para pedir doações para os bichinhos. Ainda bem que sempre temos pessoas de bom coração tentando ajudar o próximo.

Já bastante à vontade comigo, André chamou um amigo pra me conhecer e também dividir a comida e a água que eu tinha dado a ele. O outro homem também era morador de rua e, mesmo sem os dois braços, demonstrava alegria em viver.

Depois de algumas horas com André, pude concluir que ele, aparentemente, não tinha absolutamente nada. Inclusive em momento algum me pediu dinheiro. No entanto tem muito mais do que imaginamos. André tem um coração gigante em querer ajudar ao próximo.

Agora faço uma pergunta: quantas vezes nós reclamamos de não ter o suficiente? Na realidade, temos muito mais do que precisamos. Fico pensando que passamos muito tempo preocupados com a vida alheia e acabamos não cuidando de nós mesmos e do próximo. O triste é a consequência disso nos levar a perder a esperança e a vontade de viver. E o passo seguinte será entrarmos em depressão, e até perder ou tirar a própria vida.

Pense nisto: por que vale a pena viver? Qual a última vez que você foi a um lugar bacana, um que você sempre quis, mas não quer gastar dinheiro para poder economizar? Não seja barato consigo mesmo! A vida não tem preço e é preciosa.

O que significa caridade? É ter um coração de contribuição intrinsecamente divina. É o espírito de retribuição que daremos de volta naquilo que é mais importante: a vida com abundância que Deus nos deu. A caridade sem esperar retorno gera gratidão e uma satisfação enorme no coração, trazendo mais propósitos na vida.

Temos que começar a exercitar o ato de amor. Primeiro sermos bons conosco mesmo, cuidar do nosso psicológico e da nossa alma. O que adianta você ganhar tudo o que você deseja e perder a saúde mental e física. Segundo, devemos cuidar dos demais com carinho, respeito e ser bondoso. E em terceiro lugar, cuidar da Mãe Terra, que tanto precisamos. Vamos reciclar, não jogar coisas na rua, cuidar do nosso redor!



Por John Kunihiro
Founder of Art Of Healing, Inc
Senior Director of Marketing
www.artofhealinginc.com

Last Updated on Thursday, 18 April 2019 18:16
 
« StartPrev123456NextEnd »

Page 6 of 6

Translate

Portuguese English Spanish