Home Informativo
Informativo | GRAVIDEZ E AS VACINAS CONTRA A GRIPE E COVID-19
Tuesday, 19 January 2021 00:00


Quando você está grávida, o CDC (Centro de Controle e Prevenção de Doenças) e seu obstetra recomendam que você tome uma vacina contra a gripe para proteger a si mesma e a seu bebê. A melhor época para ser vacinada é até o final de outubro, se possível. Esse tempo pode ajudar a garantir sua proteção antes que a atividade da gripe comece a aumentar. Converse com seu obstetra ou parteira sobre como tomar a vacina contra a gripe, mesmo for a da época indicada.


A GRIPE PODE SER UMA DOENÇA GRAVE, ESPECIALMENTE QUANDO VOCÊ ESTÁ GRÁVIDA

Pegar a gripe pode causar sérios problemas durante a gravidez. Mesmo que você seja geralmente saudável, as alterações nas funções imunológica, cardíaca e pulmonar durante a gravidez aumentam a probabilidade de você ficar gravemente doente por causa da gripe. Mulheres grávidas (e mulheres com até duas semanas após o parto) que contraem gripe correm alto risco de desenvolver doenças graves, incluindo serem hospitalizadas.


VACINAS CONTRA GRIPE SÃO A MELHOR PROTEÇÃO DISPONÍVEL PARA VOCÊ E PARA SEU BEBÊ

Quando você toma a vacina contra a gripe, seu corpo começa a produzir anticorpos que ajudam a protegê-la contra a gripe. Os anticorpos também são transmitidos ao bebê em desenvolvimento e ajudam a protegê-lo por vários meses após o nascimento. Isso é importante porque bebês com menos de 6 meses de idade são muito jovens para receber a vacina contra a gripe. Se você amamentar seu filho, os anticorpos também podem passar pelo leite materno. O corpo leva cerca de duas semanas para produzir anticorpos depois de receber a vacina. Converse com seu médico, seu enfermeiro ou sua clínica sobre como ser vacinada.


VACINAS CONTRA A GRIPE SÃO SEGURAS PARA MULHERES GRÁVIDAS E LACTANTES

Você pode tomar a vacina contra a gripe a qualquer momento durante a gravidez. Há muitas evidências de que as vacinas contra a gripe podem ser administradas com segurança durante a gravidez, embora esses dados sejam limitados para o primeiro trimestre. Se você der à luz antes de tomar a vacina contra a gripe, ainda assim deve ser vacinada. A gripe é transmitida de pessoa para pessoa. Você ou outras pessoas que cuidam do seu bebê podem ficar doentes com a gripe e transmiti-la ao bebê. É importante que todas as pessoas que cuidam do seu bebê tomem a vacina contra a gripe, incluindo outros membros da família, parentes e babás.


OS EFEITOS COLATERAIS COMUNS DE UMA VACINA CONTRA A GRIPE SÃO LEVES

Depois de receber a vacina contra a gripe, você pode sentir alguns efeitos colaterais leves. Os mais comuns incluem dor, sensibilidade, vermelhidão e/ou inchaço no local da injeção. Às vezes você pode ter dor de cabeça, dores musculares, febre e náuseas ou sentir cansaço.


SE VOCÊ TIVER SINTOMAS DE GRIPE, CHAME SEU MÉDICO IMEDIATAMENTE

Se você tiver sintomas de gripe, como febre, tosse, dor de cabeça e dores no corpo etc., mesmo se você já tiver tomado uma vacina contra a gripe, ligue para o seu médico, sua enfermeira ou sua clínica imediatamente. Os médicos podem prescrever medicamentos antivirais para influenza para tratar a gripe, que podem encurtar a doença da gripe, torná-la mais branda e diminuir a chance de desenvolver complicações graves. Como as mulheres grávidas correm alto risco de desenvolver complicações graves de gripe, o CDC recomenda que sejam tratadas rapidamente com medicamentos antivirais se apresentarem sintomas de gripe. O Oseltamivir oral é o tratamento preferido para mulheres grávidas porque contém a maioria dos dados disponíveis que sugerem que é seguro e benéfico. Esses medicamentos funcionam melhor quando iniciados cedo.

A febre costuma ser um sintoma de gripe. Então, ter febre no início da gravidez aumenta as chances de ter um bebê com defeitos de nascença ou outros problemas. Paracetamol (Tylenol® ou equivalente em loja de marca) pode reduzir a febre, mas você ainda deve ligar para seu médico ou enfermeiro e contar a eles sobre sua doença. Se você tiver algum dos seguintes sinais, ligue para 911 e procure atendimento médico de emergência imediatamente: dificuldade em respirar ou falta de ar; dor ou pressão persistente no peito ou abdômen; tontura ou confusão persistente ou sonolência; vômitos intensos ou constantes; convulsões; não urinar; dor muscular intensa; fraqueza intensa ou instabilidade; febre ou tosse que melhora, mas depois volta ou piora; diminuição ou ausência de movimento do bebê; febre alta que não responde ao paracetamol (Tylenol ® ou equivalente em loja de marca).


CONSIDERAÇÕES SOBRE VACINAÇÃO COVID-19 PARA PESSOAS GRÁVIDAS

O CDC e o Comitê Consultivo em Práticas de Imunização (ACIP) independentes forneceram informações para auxiliar as gestantes em sua decisão de receber a vacina COVID-19. Neste momento, o ACIP recomenda que certos grupos (como profissionais de saúde, seguidos por outros trabalhadores essenciais da linha de frente) recebam a vacinação durante os primeiros meses do programa de vacinação COVID-19. Pessoas que estão grávidas e fazem parte de um grupo recomendado para receber a vacina COVID-19 podem escolher ser vacinadas. Se elas tiverem dúvidas sobre como serem vacinadas, uma discussão com um profissional de saúde pode ajudá-las a tomar uma decisão informada.


GESTANTES APRESENTAM RISCO AUMENTADO DE DOENÇAS GRAVES DEVIDO AO COVID-19

Dados demonstram que, embora as chances desses efeitos graves para a saúde sejam baixas, as gestantes com COVID-19 têm um risco aumentado de doenças graves, incluindo doenças que resultam em admissão na UTI, ventilação mecânica e morte em comparação com mulheres não grávidas de idade reprodutiva. Além disso, as grávidas com COVID-19 podem estar em maior risco de resultados adversos da gravidez, como parto prematuro, em comparação com mulheres grávidas sem COVID-19.


EXISTEM DADOS LIMITADOS SOBRE A SEGURANÇA DAS VACINAS COVID-19 PARA PESSOAS GRÁVIDAS

Até que os resultados dos estudos clínicos e estudos adicionais estejam disponíveis, apenas dados limitados estão disponíveis sobre a segurança das vacinas COVID-19, incluindo vacinas de mRNA, administradas durante a gravidez.

O CDC e a Food and Drug Administration (FDA) possuem sistemas de monitoramento de segurança para capturar informações sobre a vacinação durante a gravidez e monitorarão de perto os relatórios.


Fonte: CDC

Para obter mais informações sobre a gripe, vacinas e COVID-19, ligue para 1-800-CDC-INFO ou visite o website www.cdc.gov.

Informações adicionais no site do Departamento de Saúde Pública do Condado de sua residência.



Last Updated on Wednesday, 20 January 2021 19:44
 
« StartPrev12NextEnd »

Page 1 of 2

Translate

Portuguese English Spanish